Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação. Aceito a utilização de cookies. Política de cookies >

50 anos

Descobrir

De arte capilar.
Dentro da vida das mulheres.
De cuidados legendários.
De inovação útil.
E sempre um pioneiro
no avanço.

50 anos de pesquisa fundamental
aliada a uma alma de caráter científico,
resultando em produtos excecionais.

Durante 50 anos, Kérastase tem colocado a sua especialidade
ao serviço das mulheres e à sublimação dos seus cabelos.
Um verdadeiro presente.

Diana Vishneva para Kérastase

“A Disciplina é a minha vida”

Diana Vishneva para Kérastase

O que é que a disciplina significa para si?

A disciplina é a minha vida. Eu comecei a dançar aos 6 anos. Frequentei a Academia de Ballet Vaganova, que tinha uma certa magia, transformando cada bailarino que conseguisse lá entrar. A minha vida adulta começou aos 11 anos e, apesar de todo o trabalho árduo e stress, eu e todas as outras crianças queríamos permanecer naquele “reino encantado”. Apenas 3 de nós conseguiram chegar ao último ano. Desde que entrei na escola de ballet, trabalhei 10 horas por dia… Como se costuma dizer “não deixes para amanhã o que podes fazer hoje”. Isso resume a minha atitude, até ao mais pequeno detalhe do movimento: eu vou continuar a trabalhar sem cessar – até que saia perfeito naturalmente.

O que é que Kérastase significa para si?

Para mim, Kérastase significa excelência, qualidade, e é uma delícia para os sentidos. Eu adoro a textura dos produtos, a sua fragrância… A minha primeira experiência com a marca foi pouco depois de ter dançado “Jewels” de Balanchine em Seul. Na bancada do meu cabeleireiro reparei que havia uma embalagem brilhante, com uma face linda, que me fazia lembrar pedras preciosas; quis experimentar aquele produto lindíssimo de imediato. Era Elixir Ultime!

Porque é que este projecto teve significado para si?

Recentemente, fiquei bastante envolvida com moda e beleza, mas a minha experiência com Kérastase mostrou ser completamente diferente de posar para capas de revista ou para sessões fotográficas com o Patrick Demarchelier, entre outros fotógrafos de renome. Passar de “capa de revista”, estática, para a expressão de beleza em movimento – para mim, foi como que um novo desafio profissional! Tinha de, simultaneamente, controlar movimentos complexos de corpo e cabelo, o que parecia ser impossível, mas conseguimos! Como já disse previamente, eu adoro ultrapassar obstáculos e aventurar-me em novos domínios.

Voltar ao calendário